A Revolução das Montadoras e a Influência da Mobilidade Elétrica

A Revolução das Montadoras e a Influência da Mobilidade Elétrica

Este breve texto relata o atual cenário das montadoras de automóveis no Brasil e como uma das indústrias mais tradicionais do mundo está se adaptando as mudanças tecnológicas e sociais.

A Revolução

A indústria automotiva é uma das principais indústrias do mercado global e no Brasil é um setor tradicional e consolidado, com forte influência na economia nacional. Nos últimos anos, com a revolução digital e os avanços tecnológicos, praticamente todos os setores sentiram a necessidade de se adaptar a esse novo cenário digital. Logo, com o setor automotivo não seria diferente. Os novos modelos de mobilidade e a mudança da relação do condutor com o veículo, vem provando que o veículo pode ser visto não só como um produto, mas como um serviço a ser oferecido. A partir disto, com esse novo modelo, as montadoras que antes contavam com poucos concorrentes no mercado, agora passam ter como concorrência qualquer empresa, de qualquer setor, que prestam serviços de mobilidade. Um exemplo desse novo segmento de concorrência são as empresas de mobilidade compartilhada e a entrada de grandes bancos no oferecimento desse serviço. 

Assim como as mudanças ocorridas em detrimento da Revolução Industrial no século XVIII, agora, uma das indústrias mais tradicionais se encontra com a necessidade de mudar a sua visão de mercado e adaptar todas as suas prospecções frente a novos concorrentes e novos perfis de público-alvo. 

Influência da Mobilidade Sustentável

Em circunstância dessa revolução, como a mobilidade elétrica está influenciando neste mercado? Com todas as mudanças no cenário automotivo, é notório que o veículo não é mais apenas um produto, mas sim um meio de serviço que, muito além da sua função principal, que é a locomoção, passa a ser um agente de transformação em toda a cadeia produtiva. Visto que o impacto ambiental e as preocupações ecológicas são, atualmente, fatores de grande influência na escolha de um serviço, é necessário focar em serviços e soluções que acompanham as prioridades dos usuários. Para isso, as montadoras estão apostando nos modelos elétricos, através de metas de produção desses modelos, e incentivando cada vez mais o uso desses veículos. Sabe-se que no Brasil, o mercado da mobilidade sustentável ainda é pouco explorado se comparado a países europeus e norte americanos, e devido a essa incipiência e aos conhecimentos específicos que todo o setor exige, os projetos de mobilidade elétrica tem se desenvolvido aqui no Brasil, principalmente, por meio de parcerias e alianças entre diversas empresas de variados segmentos. Por exemplo, corredores elétricos vem sendo desenvolvidos em várias regiões do país através de parcerias entre fabricantes de carregadores de veículos elétricos, montadoras, concessionárias de energia, empresas de soluções digitais especializadas em eletromobilidade e outras. Cada uma agregando aos projetos de acordo com a sua expertise. Esse é um dos caminhos para se adaptar a essa revolução e incentivar a mobilidade sustentável.

Deixe uma resposta