Tudo o que você precisa saber sobre Recarga Ultrarrápida

Tudo o que você precisa saber sobre Recarga Ultrarrápida

 

Quando se trata de modos de recarga de veículos elétricos, inúmeras dúvidas e questionamentos permeiam os interessados e entusiastas do mercado da eletromobilidade. A chegada dos carregadores ultrarrápidos ao Brasil tem agitado o setor, por isso, juntamos aqui todas as informações necessárias para esclarecer as dúvidas em relação ao modo de recarga.

Potência e tempo de recarga

Os carregadores ultrarrápidos são aqueles classificados para operar com potência na faixa de 150 kW a 350 kW, 100 kW a mais do que a potência inicial de operação de um carregador de modo rápido. Essa faixa de potência operacional permite um tempo de recarga de, em média, 15 minutos (a 80% da bateria). Porém é necessário enfatizar que o tempo de uma recarga varia de acordo com o modelo do veículo e sua bateria, já que essa informação está diretamente relacionada a curva de carga de cada bateria.

Instalação

Umas das diferenças dos carregadores ultrarrápidos em relação aos de modo mais lentos é a instalação elétrica necessária para a operação do equipamento, cuja instalação é um pouco mais complexa do que a de um carregador residencial de modo lento, por exemplo.

Assim como qualquer equipamento referente à mobilidade elétrica, a instalação de carregadores ultrarrápidos precisa estar de acordo com a Resolução Normativa 819 de 2018 e com os padrões disponibilizados pela distribuidora local de energia. A RN afirma que é necessário comunicar a distribuidora local caso a instalação precise de solicitação de fornecimento inicial, alteração de carga ou alteração do nível de tensão.

Por se tratar um nível alto de potência, é imprescindível contratar profissionais capacitados e certificados para realizar a instalação do carregador, garantindo a segurança do equipamento e dos usuários.

Preço e utilidade comercial

Quando se trata de mobilidade elétrica, um contra muito levantado são os preços, tanto dos veículos elétricos, quanto dos carregadores. No Brasil, os ativos deste mercado ainda são considerados caros em relação aos mesmos no exterior, já que os principais equipamentos são importados de países principalmente europeus e o valor cambial agrava o investimento.

Considerando o alto investimento para adquirir um carregador ultrarrápido, o equipamento é indicado para uso comercial, onde há uma maior rotatividade de usuários e um retorno, tanto financeiro direto, com a possibilidade de cobrança, quanto indireto, com diferentes modelos de retorno para a empresa dona do eletroposto.

Sobre os modelos de retorno ligados à instalação de um carregador ultrarrápido em nome de uma empresa, visto que atualmente grande parte das recargas não são cobradas devido ao objetivo de engajar o setor e incentivar a mobilidade elétrica, a instalação desses equipamentos vinculada à uma estratégia de marketing eficiente produz uma imagem positiva para a empresa. Imagem inovadora, tecnológica, sustentável e a possibilidade de relacionar com uma campanha para redução da emissão de gases do efeito estufa (GEE).

Porém, com o crescimento do mercado e a popularização da cobrança das recargas, se faz ainda mais necessário um software de gestão para garantir uma operação segura do equipamento e a efetuação do pagamento. Para isso a movE desenvolveu um sistema que está apto para atuar em qualquer modelo de negócio vinculado aos carregadores, com soluções totalmente flexíveis às necessidades. (Para saber mais sobre as soluções movE clique aqui). A gestão e o controle eficaz desses equipamentos possibilitam a visualização completa de uma rede de pontos de recarga, seja com dois pontos ou um corredor estadual de recarga de veículos elétricos. Adquirir um software que permite total controle dos ativos e dados de usuário é essencial para um maior entendimento do público alvo e criação de proximidade com o condutor, atendendo à suas necessidades futuras e gerando credibilidade no mercado.

O futuro está acontecendo e o mercado está se adaptando à nova realidade da mobilidade que está em constante desenvolvimento. Inúmeras soluções e modalidades de negócios estão surgindo, e com isso, um simples localizador de carregadores e processador de pagamentos não será um sistema totalmente útil. Ter um sistema que atenda a todos os modos de recargas, que se adapte e seja flexível às condições de um mercado em constante evolução e que atenda a qualquer modelo de negócio, é o que sustenta o desenvolvimento da eletromobilidade. Seja com carregadores residenciais ou ultrarrápidos, o fato é: o agora é elétrico.

 

Ficou com alguma dúvida? Nossa equipe está à disposição para ajudar.

Entre em contato pelo e-mail contato@use-move.com ou através das nossas redes sociais (Instagram, Linkedin e Website).

Deixe uma resposta